DESCRIÇÃO

A árvore do mangostão é de crescimento muito lento, erecta e com a coroa em pirâmide. Pode atingir entre os 6 a 25m de altura, e a sua madeira é castanho escura, quase preta, e tem muito pouco látex1. Apresenta folhas simples e opostas, verde-escuras, e coriáceas, com uma forma elíptico-oblonga, e um ápice acuminado, entre 15 a 25cm de comprimento e 6 a 12cm de largura, o seu pecíolo e relativamente curto (1,5 a 2,0cm).As folhas novas são de cor rósea.

As flores (4 a 5 cm), são largas e carnudas, e podem ser “masculinas” ou “hermafroditas” na mesma árvore. As flores crescem em aglomerados de 3 a 9 unidades em pétalas ovais, grossas e verdes com contornos vermelhos, e amareladas/vermelhas no interior, e muitos dos estames2 com anteras3 bordadas não tem pólen.

As flores são unisexuais-dioicas4, mas somente “plantas fêmeas” são encontradas com estaminóides5.


O fruto é uma baga esferica, com 4 a 9 cm de diâmetro transversal e 3,6 a 6,5 cm de altura. Pesa entre 30 a 240 g, tem um cálice persistente, um pericarpo (casca) purpúreo, duro e grosso, de espessura entre 0,5 a 1,0 cm, o qual contém resina amarela.

A parte comestível é formada por quatro a oito segmentos carnudos brancos translúcidos e com sabor bastante delicado.

O número de sementes por fruto varia de zero a três, sendo, mais frequentemente, encontrados frutos com 1 semente. A parte carnuda é ligeiramente ácida e doce (ou agridoce) e mencionada como extremamente luxuriosa e deliciosa.

A polpa e especialmente a sua casca contém bioflavonóides vulgarmente designados por xantonas e outros compostos polifenois. Estes actuam como  antioxidantes e tem vindo cada vez mais a ser investigados pelas suas inumeras qualidades e efeitos sobre o bem-estar.

 

1 O látex ou goma e uma seiva translúcida de consistência viscosa, extraída da árvore.

2 O estame é o órgão masculino das plantas angiospérmicas — as plantas que produzem flores. Na maioria das espécies de plantas com flor, cada flor tem tanto uma parte masculina (estame), como uma feminina (pistilo). No entanto, nalgumas espécies, as flores são unisexuais, com apenas as partes masculinas ou femininas.

3 A Antera e a parte superior do estame, com formato globuloso e contém os grãos de pólen.

4 Flores unisexuais-dioicas sao flores nas quais os sexos estão separados em arvores distintas. Ou seja, nas flores dioicas (usualmente diz-se plantas dioicas) os elementos masculino e feminino estão separados (dai dizer-se unisexuais) em indivíduos diferentes, mas pertencentes a mesma espécie.

5 Estaminóide refere-se a parte masculina da flor e significa que e semelhante ao estame.

 

Mapa do site:
Home | Introdução | Descrição | Origem e Distribuição | Variedades | Clima | Solo | Propagação | Cultivo | Floração e Crescimento | Conservação | Pestes e Doenças | Xantonas do Mangostão | Receitas Culinárias | Xango - Sumo de Mangostão | Contactar | Quem somos | Politica de privacidade

Copyright © 2008 Paulo Rebelo