ORIGEM E DISTRIBUIÇÃO

A origem do mangostão é desconhecida, mas acredita-se ser originário das ilhas Sundra e Molucas. A planta terá sido domesticada na Tailândia ou Birmânia. É largamente cultivada na Tailândia, aonde se contabilizavam 4000ha em 1965. Encontra-se igualmente no Kampuchea, Vietname, através da Malásia e Singapura.

A árvore foi plantada no Ceilão por volta de 1800 e na Índia em 1881. Também é muito conhecida em algumas zonas das Filipinas.

Havia também algumas árvores em estufas em Inglaterra em 1855.

Actualmente existe um pouco dispersa pela África equatorial (Zanzibar, Ghana, Gabão, Libéria e Zaire).

Também se estendeu à zona do canal do Panamá e Porto Rico em 1903 com algumas árvores apenas, bem como na Jamaica, Republica Dominicana, Cuba e nas Índias ocidentais.

Algumas árvores foram avistadas na Guatemala, Equador e Colômbia.

No Brasil, foi introduzido por volta de 1935, na Bahia, e em 1942 no Pará. Na Bahia a safra principal é geralmente em Março e Abril e outra colheita acontece em Agosto. Em São Paulo, no município de Cardoso, foram plantados, em 1995, mais de 10 há de árvores enxertadas, e no Pará em 2003, foram comercializadas mais de 180 toneladas de frutos de mangostão.

 

Mapa do site:
Home | Introdução | Descrição | Origem e Distribuição | Variedades | Clima | Solo | Propagação | Cultivo | Floração e Crescimento | Conservação | Pestes e Doenças | Xantonas do Mangostão | Receitas Culinárias | Xango - Sumo de Mangostão | Contactar | Quem somos | Politica de privacidade

Copyright © 2008 Paulo Rebelo