SOLO

A área para plantação e cultivo do mangostão deve ser preferencialmente plana com solos profundos e de boa textura. Não se adapta a solos rochosos, mas antes a arenosos. Solos de aluvião são indesejáveis, mas os arenosos pobres em húmus tambem são pouco produtivos.

A árvore necessita de boa drenagem, e o nível freático deverá estar cerca de 1.8m abaixo do solo. Contudo encontram-se por vezes árvores em solos demasiado húmidos para outras culturas – em pântanos que requerem drenagem e onde as raízes estão submersas por água fluente a maior parte do ano. Todavia a água parada durante a desponta1 mata as sementes.

O mangostão deve estar abrigado de ventos fortes e borrifos salinos, bem como de solo e água salobros.

1 Desponta corresponde a operação de corte dos ramos da árvore, progredindo da base até à bicada, utilizando, nomeadamente, machado ou motosserra. Neste caso como a desponta se refere as sementes, esta relacionada com a fase de floração/frutificação da árvore, ou a fase onde as flores depois de fecundadas originam os frutos.

 

Mapa do site:
Home | Introdução | Descrição | Origem e Distribuição | Variedades | Clima | Solo | Propagação | Cultivo | Floração e Crescimento | Conservação | Pestes e Doenças | Xantonas do Mangostão | Receitas Culinárias | Xango - Sumo de Mangostão | Contactar | Quem somos | Politica de privacidade

Copyright © 2008 Paulo Rebelo